top of page
  • Foto do escritorJoão Rabello

França, 1789

- Então está decidido, o lema será “liberdade, igualdade, fraternidade”.

- Boa.

- Mas peraí, como é que vamos relacionar igualdade com liberdade?

- Eita, carai.. a reunião tava quase acabando.

- Como assim? Não são conceitos excludentes.

- Mas o direito a plena liberdade comprometerá a igualdade e vice-versa. Pois se não há igualdade, ela deverá ser imposta ferindo assim a liberdade.

- Cacete, eu já tava indo tomar um vin ali no bistrô...

- Calma, ele tem um ponto.. vai dar merde.

- Vocês estão inventando coisa, já está tarde, o lema é perfeito e o mundo será bem melhor daqui pra frente.

- Eu acho que a gente tinha que discutir isso daí.

- O bistrô aqui na esquina tá fazendo duas taças pelo preço de uma, amanhã a gente retoma, beleza?

- Tá bom, vamos pedir uns Bordeaux. Vai rolar aquele churrasco no domingo?

- Vai, só não fala pro Pierre, ele gosta de levar Merlot e beber o Bourgogne dos outros.

- É um safado.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Máquina de Saudade

Ele nunca esqueceu a cor daquela terra. Diversos tons de amarelo se misturavam a tons de laranja, vermelho e marrom. Quem via de longe, passando de carro pela estrada, podia achar que era uma cor só.

Às ordens

- Doutor Paiva, a temperatura do ar está agradável? Ao ouvir a pergunta e observar o olhar assustado do jovem rapaz, o Doutor Roberto Paiva, que naquela semana completava quatro décadas à frente de um

Permissão

Permita-me ver o teu desejo Se é brisa que desce a colina ou lava que explode sem aviso Se é onda que quebra na praia ou sol que avermelha a pele Se é sede de conquista ou desejo de refúgio Se é sono

Comments


bottom of page