BIOGRAFIA

Nascido em 1981, no Rio de Janeiro, João Rabello vem desenvolvendo seu trabalho dentro da linguagem do violão e da música instrumental brasileira desde o lançamento do seu primeiro álbum, Roendo as Unhas, em 2006.

 

Neste trabalho, João Rabello mostra as primeiras indicações de um estilo que relaciona técnica e sensibilidade, interpretando desde obras clássicas, como a célebre La Catedral (Agustin Barrios) até ousadas composições próprias e originais como Rubro.

Com o lançamento do seu segundo álbum, Uma Pausa de Mil Compassos em 2011, João Rabello direcionou suas prioridades para o violão brasileiro contemporâneo: novas ideias, composições inéditas e arranjos novos.

A partir desse trabalho solo, João Rabello tem se apresentado em concertos pelo mundo. Podemos destacar a abertura do Queensland Music Festival na Austrália (2009), a participação na apresentação de Paulinho da Viola no Carnegie Hall em Nova York (2012) e o concerto ao lado da Orquestra Filarmônica de Rotterdam na Holanda (2016).

 Ao mesmo tempo em que desenvolvia seu trabalho instrumental, João Rabello acompanhou seu pai, Paulinho da Viola, em seus shows pelo Brasil e pelo mundo a partir de 2004. Essa experiência o levou inevitavelmente a um novo projeto. Ao lado da irmã, a cantora Beatriz Rabello, João desenvolve um show em torno das canções de Paulinho da Viola.

Reunindo 15 anos de experiência em palcos ao lado do pai, o olhar dos filhos será único. Beatriz e João podem trazer desde nuances que só a proximidade com o compositor da obra traz, sem deixar de lado suas características desenvolvidas como artistas solo.

O projeto sobre as canções de Paulinho da Viola interpretados por seus filhos Beatriz Rabello e João Rabello chegou a estrear em março de 2020, mas foi interrompido devido à pandemia.